Ir para o conteúdo

Sítio arqueológico de Manguinhos é tema de palestra

2021-12-06

O sítio arqueológico de Manguinhos: um enigma para os estudos de arqueologia de contato é o título da palestra que a da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) promove em 8/12, às 15h, com transmissão ao vivo pelo Facebook. A palestrante é a arqueóloga Marina Coppoli Dias de Miranda, formada pela University College London (Reino Unido). Mestranda em arqueologia pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a pesquisadora vai abordar a "ocupação indígena no período histórico no Rio de Janeiro, invisibilidades e resultados de pesquisa de campo’.

A arqueóloga fez estudo sobre a preservação das camadas enterradas do sítio Arqueológico de Manguinhos, registradas nos anos 1960 pela arqueóloga Maria da Conceição Beltrão, do Museu Nacional. Entre as peças encontradas durante a investigação, havia conchas, fragmentos de cerâmica indígena e fragmentos de louças e outras cerâmicas históricas. A partir dessa descoberta, uma série de monitoramentos arqueológicos no sítio revelaram a predominância de outros objetos como vidros, ossos e materiais construtivos que acompanharam as modificações urbanas da Fiocruz.

‘O sítio arqueológico de Manguinhos: um enigma para os estudos de arqueologia de contato’
Convidada: Marina Coppoli Dias de Miranda
Data: 8/12
Horário: 15h
Transmissão: fb.com/casadeoswaldocruz


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir