Ir para o conteúdo

Exposição Biodiversidade e saúde faz temporada no Sesc Sobral

14/06/2017

A Organização das Nações Unidas promove até 2020 a “Década da Biodiversidade”, campanha lançada em dezembro de 2011. O objetivo da ONU é implementar planos estratégicos de preservação da natureza, bem como encorajar os governos a desenvolver e comunicar resultados do chamado Plano Estratégico para a Biodiversidade. Mas, o que é biodiversidade? Para ajudar a entender a questão, o Sesc Sobral – localizado a 240 quilômetros da capital cearense – e o Museu da Vida uniram-se para apresentar a exposição Biodiversidade e saúde, que será aberta no próximo dia 13 de junho e ficará em temporada até 30 de agosto.

Voltada ao público a partir de 12 anos, a mostra estimula a reflexão sobre as relações entre a biodiversidade, a saúde e suas perspectivas socioambientais, especialmente no Brasil. O país ocupa quase metade da América do Sul e é o que possui a maior diversidade de espécies no mundo, espalhadas nos seis biomas terrestres e nos três grandes ecossistemas marinhos. São mais de 103.870 espécies animais e 43.020 espécies vegetais conhecidas no país, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente.

A mostra foi desenvolvida em parceria com Farmanguinhos (Instituto de Tecnologia em Fármacos da Fiocruz), uma iniciativa da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), por meio do Museu da Vida, que estabeleceu cooperação técnica com o Programa Sesc Ciência no ano passado.

Criado em 1987, o Programa viabiliza a montagem de exposições itinerantes e de salas de ciência no âmbito do Serviço Social do Comércio. Assim, é possível impulsionar e ampliar as ações de divulgação e popularização da ciência das instituições no território nacional (o Sesc está presente em todos os estados do país). Isso permite a democratização do conhecimento científico nas pequenas cidades, em especial aquelas do interior dos estados ou sem grandes recursos. Desde sua criação o programa atraiu cerca de um milhão de visitantes.

A exposição Biodiversidade e saúde é apresentada em painéis e módulos interativos. Convida o público a compreender a complexidade da vida em seus diferentes níveis de hierarquia e, também, a conhecer mais sobre os seis biomas brasileiros: Amazônia, Cerrado, Caatinga, Pantanal, Mata Atlântica e Pampas.

Outro ponto importante da mostra é permitir que o público reflita sobre a intervenção humana na natureza e na aceleração do processo de extinção de espécies. Discute ainda a biodiversidade como fonte de saúde; por exemplo, na produção de medicamentos e vacinas; abrange o reconhecimento científico de plantas medicinais e a distribuição de fitoterápicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

As crianças poderão brincar com o jogo da memória, que informa sobre espécies brasileiras ameaçadas de extinção. A criançada também pode participar de atividade interativa relacionada às relações ecológicas que acontecem no ambiente da floresta.

Ocupando área de cerca de 100 metros quadrados, Biodiversidade e saúde teve sua primeira apresentação ao público no Parque Madureira, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro, em outubro de 2013. Na ocasião, integrou as ações da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNC&T), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Sobre o Sesc Sobral

Inaugurado em 1966, o Sesc Sobral é a referência em educação, cultura, saúde, esportes e lazer na cidade. A unidade oferece atividades como teatro, parque aquático, ginásio poliesportivo, biblioteca, salas de aula para educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos, entre outras.

Parceiro do Museu da Vida nessa iniciativa, o Sesc foi criado em setembro de 1946 pela Confederação Nacional do Comércio, com a finalidade de estudar, planejar e executar medidas que contribuam para o bem-estar social e a melhoria do padrão de vida dos comerciários e suas famílias, por meio de ações educativas.

Serviço

Exposição: Biodiversidade e saúde

Temporada: até 30 de agosto

Entrada: grátis

Local: unidade Sobral Centro (Interior)

Endereço: Boulevard João Barbosa, 902 – Centro.

Visitação: de segunda a sexta 8h às 12h e 14h às 17h

Agendamento: telefone (88) 3611 0827 | E-mail: darioarruda@sesc-ce.com.br

Assessoria de Comunicação Sesc:  telefones (85) 3452.9034, 3452.9061 | E-mail: ascom-sesc@sesc-ce.com.br

 


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir