Ir para o conteúdo

Seminário discute efeitos da pandemia em instituições de arquivo e memória

21/10/2020

O seminário Patrimônio Documental em Perspectiva discute, em 9 de novembro, alguns efeitos da pandemia de Covid-19 para as instituições arquivísticas e de memória. Promovido pela Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) em parceria com o Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro (Aperj), o evento aborda iniciativas de constituição de acervos referentes às experiências deste período e a criação de protocolos para o acesso seguro aos documentos, passando pela mediação de tecnologias. Aberta ao público, a atividade será transmitida pela página da COC no Facebook.

Em sua quarta edição, o evento recebe especialistas de diversas instituições brasileiras para uma jornada organizada em torno de duas mesas: ‘Arquivos da pandemia: experiências de constituição de acervos’, às 10h, e ‘Acervos documentais no contexto da pandemia: acesso e mediações’, às 14h.

De acordo com a pesquisadora da COC Luciana Heymann, a constituição de acervos sobre a experiência humana nesse período dará uma interpretação de natureza pessoal à pandemia, a partir de percepções e vivências individuais. “A riqueza desses projetos – que surgiram em todo o mundo - reside na possiblidade de coleta e salvaguarda de registros documentais mais plurais e abertos às subjetividades, capazes de documentar aspectos que fogem aos registros institucionais padronizados”, afirma Heymann, uma das organizadoras do seminário.

A segunda mesa do evento será dedicada ao impacto do fechamento das instituições arquivísticas para os usuários e discutirá protocolos de segurança visando o retorno seguro da consulta presencial assim que as condições sanitárias permitam. Nesse contexto, também será debatido o acesso remoto aos acervos. O tema da digitalização e de plataformas amigáveis que viabilizem a busca e a leitura dos documentos também será apresentado, ancorado em discussões sobre boas práticas arquivísticas.

Na ocasião, será lançado o vídeo tutorial produzido pelo Departamento de Arquivo e Documentação que visa orientar os usuários na utilização da Base Arch, ferramenta de acesso aos acervos sob a guarda da COC/Fiocruz.  

O seminário é voltado a profissionais da área do patrimônio, gestores de acervos documentais e museológicos, historiadores e demais pesquisadores, além de estudantes de arquivologia, museologia, biblioteconomia, história e ciências sociais. Não será emitido certificado de participação.

Programação:

10h | Arquivos da pandemia: experiências de constituição de acervos

Plataforma Memórias Covid-19. Palestrante: Ana Carolina Delfim Maciel, da coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa (Unicamp) 

Projeto Testemunhos do Isolamento. Palestrante: Beatriz Kushnir, Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro (AGCRJ)

Documentando a experiência da Covid-19 no RS. Palestrante: Carla Simone Rodeghero, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  

Arquivos da Pandemia: memórias da comunidade Fiocruz. Palestrante: Luciana Heymann, Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz)  

:: Coordenação: Luciana Heymann (COC/Fiocruz)

14h | Acervos documentais no contexto da pandemia: acesso e mediações

Quando o Museu do Ipiranga fechou, sem pandemia: lições em tempos difíceis. Palestrante: Solange Ferraz de Lima, Museu Paulista/Universidade de São Paulo (USP) 

Arquivo Nacional: ações práticas de preservação durante a pandemia. Palestrante: Tiago Cesar da Silva, Arquivo Nacional

Conservação e pandemia: ações e contribuições para a preservação do acervo arquivístico. Palestrante: Ana Roberta Tartaglia, Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz)  

Coordenação: Maria Teresa Bandeira de Mello (Aperj)

16h | Lançamento do vídeo tutorial de acesso à Base Arch


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir