Ir para o conteúdo

Seminário discute desafios e estratégias para a difusão de arquivos

25/10/2019

A Casa de Oswaldo Cruz (COC / Fiocruz) promove o 3º Seminário Patrimônio Documental em Perspectiva: Difusão em Arquivos – Desafios e Estratégias no dia 11 de novembro, das 9h às 17h, no auditório do Museu da Vida, no campus da Fiocruz em Manguinhos (Av. Brasil, 4365 – Rio de Janeiro). O evento não precisa de inscrição prévia e será transmitido online.

Acesse
Transmissão via web

O objetivo do seminário é estimular o debate, apresentar investigações sobre o tema e iniciativas de difusão de arquivos em instituições públicas e privadas. Enquanto gestão, preservação e acesso são dimensões consolidadas no campo das instituições arquivísticas, a difusão ainda carece de reflexões acerca das possibilidades de interlocução entre arquivos e sociedade.

Programação

9h | Abertura do evento

Paulo Roberto Elian dos Santos – Diretor da Casa de Oswaldo Cruz

Regina Marques – Chefe do Departamento de Arquivo e Documentação (DAD/COC)

Ana Luce Girão – Coordenadora Adjunta do PPGPat

Lançamento da Pesquisa de Opinião sobre a Base Arch

10h | Mesa da manhã – O conceito de difusão

Coordenação: Marcos José de Araújo Pinheiro – Vice-diretor de Patrimônio Cultural e Divulgação Científica (COC/Fiocruz)

Difusão em arquivos: difundir o quê?
Marcelo Antonio Chaves
Doutor em História Social pela Universidade Estadual de Campinas (2009). Trabalha no Arquivo Público do Estado de São Paulo com projetos em arquivos e é editor da Revista do Arquivo, publicada pela instituição.

Patrimônio documental e experiência do tempo: algumas questões e possibilidades em educação
Adriana Carvalho Koyama
Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2013). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas.

12h30 | Brunch

14h | Mesa da tarde – Práticas e projetos em difusão

Coordenação: Luciana Heymann – Pesquisadora do DAD/COC

Vistas situadas do Rio de Janeiro
Bruno Buccalon
Graduado em arquitetura e urbanismo pela Associação Escola da Cidade (2017) e membro do Comitê Internacional de Documentação do Conselho Internacional de Museus (CIDOC/ICOM). Assistente técnico na coordenação de fotografia do Instituto Moreira Salles.

Instituições de memória e mídias sociais: a experiência do Arquivo Nacional
Luiz Salgado Neto 
Doutor em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2017). No Arquivo Nacional, atua na Assessoria de Comunicação Social como pesquisador para geração de conteúdo para mídias sociais.

Difusão em acervos documentais: o caso do DAD
Cristiane d’Avila
Doutora em Letras pela PUC-Rio (2010). Atua no Departamento de Arquivo e Documentação da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz.


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir