Ir para o conteúdo

Workshop 'Doenças Tropicais' - Programação

2015-05-27

Workshop Doenças Tropicais na América Latina e no Caribe: Uma perspectiva Histórica

1º de julho de 2015 - Quarta-feira

Manhã 

08h30 - 09h00 – Inscrição e café da manhã

09h15 - 09h30 – Abertura do workshop

09h30 - 10h30 – Conferência de Abertura

                Sternberg in Havana: Cuba's Pastorians and the Atlantic Bacteriology of Yellow Fever

                Conferencista: Steven Palmer, Universidade de Windsor, Canadá

                Apresentação: Magali Romero Sá, COC/Fiocruz

Mesa 1

10h30 - 12h30 – Febre amarela nas Américas séculos XIX e XX

                Coordenador: Marcos Cueto, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

10h30 – 10h50 – Elaine LaFay, Universidade da Pensilvânia, Estados Unidos

                Belonging in the Tropical Borderlands: Yellow Fever, Environment, and Nationalism in Florida, 1825-1860

10h50 – 11h10 – Tara Inniss, Department of History and Philosophy, University of West Indies, Trinidad e Tobago

                Shifting Diagnoses: Epidemic Disease and Race-based Medicine in the British Caribbean

11h10 – 11h30 – Talia Rebeca Haro Barón, Universidade Autônoma de Barcelona, Espanha

                Las políticas para el combate de la fiebre amarilla en Guatemala a princípios del siglo XX

11h30 – 11h50 – Robert Ponge e Vanessa Costa e Silva Schmitt, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

                Notas sobre a presença da febre amarela nas memórias de Riccardo D’Elia, um médico italiano no Brasil República

11h50– 12h10 – Daniele Cozzoli, Universidade Pompeu Fabra, Barcelona, Espanha

                From Montevideo to Rome: Giuseppe Sanarelli (1864-1940 and the making of the Italian Tropical Medicine

12h10 - 12h30 – Considerações

12h30 - 14h00 - Almoço

Tarde

Mesa 2

14h00 – 17h00 – Febre amarela, vírus, vacina e terapêutica

                Coordenador: André Felipe Cândido da Silva, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

14h00 - 14h20 – Francisco Javier Martínez-Antonio, CNRS – Universidade Paris Diderot, França

                ’Freezing’ the island: the ‘polar chamber’, Spanish politics and yellow fever research in late 19th century Cuba

14h20 - 14h40 – Patricia Palma, Universidade da Califórnia, Davis, Estados Unidos

                The Yellow Fever Epidemic and the rise of Popular Medicine in Peru: Chinese Herbal Medicine (1868-80)

14h40 - 15h00 – Rodrigo Cesar da Silva Magalhães, Colégio Pedro II, Rio de Janeiro

                A Campanha Mundial de Erradicação da Febre Amarela da Fundação Rockefeller e a produção de conhecimentos médico-científicos sobre a doença nos anos de 1920

15h00 - 15h20 - Jaime Larry Benchimol, COC/Fiocruz

                A febre amarela e suas vacinas: instrumentos de luta contra um flagelo tropical e de modernização da formação social brasileira

15h20 - 16h00 – Debbie MacCollin, University of the West Indies, St. Augustine

               The yellow Fever Outbreak of 1954 and the rise of the Trinidad Regional Virus Laboratory

16h00 - 16h20 – Considerações 

16h20 - 18h00 – Cocktail com lançamento de livro

               Abertura da Exposição sobre Doenças Tropicais elaborada pela Universidade de York

 

2 de julho de 2015 – Quinta-feira

Manhã

09h30 - 10h30 – Palestra

                Prelude to Rockefeller: Health problems in Trinidad and Tobago 1900-1930

                Palestrante: Rita Pemberton, University of West Indies

                Coordenador: Henrice Altkin, Universidade de York, Inglaterra

Mesa 3

10h30 - 12h10 – Circulação, comércio, doenças e epidemias

                Coordenador: Rômulo Andrade, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

10h30 - 10h50 – Beau Gaitors e Christopher Willoughby, Universidade Tulane, Nova Orleans, Estados Unidos

                An Epidemic of Trade: Disease and Commerce in Post-Independence Veracruz

10h50 - 11h10 – Marcelo Luiz Freitas Moreira e Livia da Silva Nascente, Instituto Vital Brazil, Rio de Janeiro

                Vital Brazil e a chegada da peste bubônica no Porto de Santos

11h10 - 11h30 - Juliana Manzoni Cavalcanti, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

                Uma incursão biocomercial na América Latina: as filiais da Bheringwerk e o mercado de produtos biológicos nos anos de 1930

11h30 - 11h50 – Sabine Clarke, Universidade de York, Inglaterra

                Mobility, networks, and modernity: pharmaceutical knowledge at the Colonial Microbiological Research Institute, Trinidad, after 1945

11h50 - 12h10 – Considerações 

12h10 - 13h30 - Almoço

Tarde

Mesa 4

13h30 - 15h10 – Circulação de saberes e técnicas

Coordenador: Tânia Pimenta, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

13h30 - 13h50 – Rildo Bento de Souza, Universidade Federal de Goiás (UFG)

                As doenças do asilo: A medicina popular e as práticas médicas em Goiás (1909-1946)

13h50 - 14h10 – Cristina de Cássia Pereira Moraes e Thiago Cancelier Dias, Universidade Federal de Goiás (UFG)

               Administrando Impérios, floras e boticas para curar o Morbo Gálico: O Hospital Militar nos Guayazes em fins do século XVIII

14h10 - 14h30 – Livia da Silva Nascente – Instituto Vital Brazil, Rio de Janeiro

               Vital Brazil e o projeto A defesa contra o ophidismo: o conhecimento tradicional segundo o movimento sanitarista brasileiro, no início do século XX

14h30 - 14h50 – Nadja Paraense dos Santos, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

               Ancilostomíase e um medicamento popular do século XIX

14h50 - 15h10 – Considerações

15h10 - 15h20 - Intervalo

Mesa 5

15h20 - 16h40 – Doenças tropicais e saneamento

                Coordenador: Kaori Kodama, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

15h20 - 15h40 – Rômulo de Paula Andrade, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

                A saúde em tempos de desenvolvimento: a Campanha de Erradicação da Malária na Amazônia

15h40 - 16h00 – Elis Regina Corrêa Vieira, Universidade Federal do Pará (UFPA)

                Imprensa paraense, Malária e as campanhas pelo saneamento rural

16h00 - 16h20 – André Felipe Cândido da Silva e Dominichi Miranda de Sá, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

                Ecologia, doença e populações nos trópicos: Harald Sioli e a esquistossomose na Amazônia nos anos 1950

16h20 - 16h40 – Antony Dalziel McNeil Stewart, Universidade de Newcastle, Inglaterra 

                An Imperial Laboratory: The Investigation and Treatment of Treponematoses in Occupied Haiti, 1915-1934

16h40 - 17h00 – Urmi Engineer, Universidade de Pittsburgh, Estados Unidos

                Black Resistance: Ideologies of Race and Immunity in the Nineteenth-Century Greater Gulf Coast and Caribbean

17h00-17h20 - Considerações

19h00 – Jantar de Confraternização

 

3 de julho de 2015 – Sexta-feira

Manhã

9h30 - 10h10 – Palestra

                Tropical Medicine, International Health and the African office of the World Health Organization, 1950s

                Palestrante: Marcos Cueto, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

                Coordenador: Jaime Benchimol, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

Mesa 6

10h20 - 12h00 – Doenças tropicais e as organizações internacionais de saúde

                Coordenador: Gilberto Hochman, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

10h20 - 10h40 – Henrice Altkin, Universidade de York, Inglaterra

                A Black Scourge?: Race and the Rockefeller’s Tuberculosis Commission in Interwar Jamaica

10h40 - 11h00 – Ana Paula Korndorfer, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Rio Grande do Sul

                Do internacional ao local: a cooperação entre a IHB/FR e o governo do Rio Grande do Sul no combate à ancilostomíase e seus desdobramentos (1919-1929)

11h00 - 11h20 – Maria Gabriela Silva Martins da Cunha Marinho, Universidade Federal do ABC (UFABC), São Paulo

                A Fundação Rockefeller e óleo de Chenopodium, tratamento de doenças tropicais, controvérsias com medicamentos e terapêuticas

11h20 - 11h40 – Oscar Gallo Vélez, Jorge, Márquez Valderrama e Victoria Estrada Orrego, Procircas, Universidade Nacional da Colômbia

                Doenças tropicais ou doenças do trabalho: o caso da anemia tropical na Colômbia, 1900-1930

11h40 - 12h00 - Considerações

12h00 - 13h30 – Almoço

Tarde

Mesa 7

13h30 - 14h00 – Doenças tropicais, redes científicas e sanitárias

                Coordenadora: Cristiana Facchinetti, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

14h00 - 14h20 – Tamara Rangel Vieira, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

                “Megaesôfago por doença de Chagas”, já diziam os clínicos do interior: contribuição dos médicos do Brasil Central para a definição de uma nova forma clínica da tripanossomíase

14h20 - 14h40 – Denis Guedes Jogas Junior, Casa de Oswaldo Ruz, Fiocruz 

                Trópicos, ciência e leishmanioses: uma análise sobre circulação de saberes, espécimes e assimetrias

14h40 - 15h00 – Magali Romero Sá, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz | Marilza Herzog, Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz

                A oncocercose nas Américas: origem e disseminação

15h00 - 15h20 – Rafael Leite Mantovani, Departamento de Sociologia da USP

                A interpretação brasileira do movimento sanitário europeu do início do século XIX

 

15h20 - 15h40 – Roseli Martins Tristão Maciel – Universidade Estadual de Goiás (UEG)

                As falhas nas políticas públicas para o controle da endemia hansênica no Brasil

15h40 - 16h00 – Bruna de Paula Fonseca e Fonseca, Bio-Manguinhos, Fiocruz e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) | Ricardo Barros Sampaio, Diretoria Regional de Brasília, Fiocruz e Universidade de Brasília (UnB) | Marcus Vinicius Silva, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz

                A pesquisa em tuberculose no Brasil: uma abordagem em rede dos temas de pesquisa (1994-2013)

16h00 - 16h20 – Considerações

16h20 - 16h30 - Sanjoy Bhattacharya – Considerações finais


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir